O que toda estratégia de evolução tem em comum?

A palavra transformação nunca foi tão presente no dia a dia das pessoas e organizações. Estamos vivendo numa era que o modo transformação está sempre ligado. E isso soa cansativo mesmo.

Mas quero abordar aqui a transformação de novos pontos de vista. Porque a transformação precisa ser tão cansativa? Como lidar de uma outra forma?

Pessoas naturalmente resistem a mudanças, principalmente quando são impostas. Há coisas que as organizações fazem que tornam a mudança ainda mais desconfortável do que necessário para as pessoas. Primeiro, quando os líderes demoram demais para agir e tudo acaba acontecendo em modo crise ou pela urgência de resolver no curtíssimo prazo, criando nas pessoas uma falta de esperança e estresse.

Ou tratam de questões de forma superficial na expectativa de que as coisas vão voltar a ser como eram assim que o caos acabar. Uma abordagem, que podemos comparar quando estudantes se preparam para passar numa prova. Professores ensinam a fazer a prova e as notas dos alunos aumentam. Funciona para conseguir nota boa, mas falham no objetivo fundamental da educação, de ensinar o aluno a aprender, a pensar, a ser curioso e a explorar novos conhecimentos.

Pensa na situação que estamos tendo que enfrentar com a pandemia do corona vírus, que criou de repente uma realidade que nunca vivemos antes. O isolamento social trouxe uma nova rotina nas casas e nas empresas. As empresas e profissionais que ainda não estavam transitando bem no mundo digital, estão ainda mais vulneráveis e com risco de quebrar. As organizações que resistiram ao home office, estão se vendo obrigadas a aderir. E é isso que incomoda tanto nas mudanças que o mundo vem sinalizado que precisamos nos preparar, e quem não se prepara para surfar nesse mar, toma caldo!

Esse blog foi inspirado num TED com o Jim Hemerling, que ele aborda estratégias para as empresas transformarem a forma de conduzir as transformações. E todas tem em comum PRIORIZAR AS PESSOAS.

INSPIRAR ATRAVÉS DO PROPÓSITO

Uma das estratégias é INSPIRAR ATRAVÉS DO PROPÓSITO.

A maioria das mudanças organizacionais tem objetivos financeiros e operacionais. São importantes e podem até ser motivantes para os líderes, mas não costumam ser motivantes para o pessoal de forma geral.

Para motivar de forma mais ampla a transformação precisa se conectar a um sentido mais profundo de propósito. A empresa LEGO se tornou uma empresa global e extraordinária porque teve uma liderança inspiradora que passou por diversas mudanças. O lema “Inspirar a desenvolver construtores do amanhã”. Expandir globalmente? Aumentar as vendas? Não era essa a chamada, isso era só uma conseqüência. Investimento e inovação? Também não, porque não se tratava de desenvolver novos produtos, mas de possibilitar que cada vez mais crianças ao redor do planeta aprendessem se divertindo. Isso sim, tem um senso profundo de propósito e que motivou o pessoal da LEGO.

Nunca estivemos numa situação tão caótica de abrangência mundial. O isolamento social, saída para conter o problema, também tem um propósito, que vai além de conter a pandemia, é de sermos mais hUManos. Nunca estivemos tão isolados e ao mesmo tempo tão juntos.

E para concluir, estamos todos vivendo um momento dificílimo e ao mesmo tempo uma oportunidade para todos nós evoluirmos como pessoas, PRIORIZANDO AS PESSOAS. É temporário e vamos sair melhores dessa experiência.

  • Renata, gostei muito da sua abordagem. Parabéns! Mas, é triste, se fazer necessário essa situação, para que o indivíduo ,como tb os órgãos governamentais que nos representam, comecem a pensar no todo mais humano e um olhar emergencial para que as prioridades de saneamento ,higiene e habitação sejam eficazes diante da super população do planeta tão carente de educação..Que sirva de lição esse caos provocado por um organismo invisível.Precisamos urgente de mudanças de comportamento em prol de um planeta saudável com necessidades básicas sanadas que respeitem e dignifiquem seus habitantes. Todos nós temos responsabilidades, sem dúvida! QUE VENHAM AS MUDANÇAS!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *